4*Baile dos Passistas celebra 2 anos de APASB

por: Lucimar Adão, Sebastião Neto, Zeca Santos

APASB, Associação dos Passistas Brasileiros que leva o nome de um renomado sambista, o mestre Cyro do Agogô, completou 2 anos de grandes realizações e feitos em pró da comunidade do riscado.

Aldione Senna, passista consagrada com 2 Estandartes de Ouro, Nilsse Fran diretora da ala de passistas da Portela e Presidente da Escola de Samba Rosa de Ouro.Ambas fundadoras da APASB.
Edson Vila, passista que fez sua história na Vila Isabel, nascido e criado e ganhador de 1 Estandarte de Ouro.

E a comemoração desses 2 anos foi a realização do 4*Baile dos Passistas, que reuniu 57 alas de passistas, sendo algumas de fora do Rio de Janeiro. A saber que cada ala tem um coordenador, que claro também é passista, e todos esses coordenadores tiveram voz e espaço para mostrar suas criações. O que mais se ouviu é que Passista é Resistência. Ser Passista é ter no coração a garra de riscar o chão com sua leveza num gingado malandro. Passista é um poeta que risca o chão com seus pés, sem preconceito algum apenas no amor.

O samba não tem tamanho, cor, idade e nem peso. O samba é arte é cultura é história e exige, como todos nós, RESPEITO.

O 4*Baile dos Passistas, seria realizado no Parque de Madureira(legado olímpico), subúrbio carioca, área que respira samba já que possi diversas agremiações tradicionais do carnaval carioca, porém em função das sucessivas chuvas que caíram sobre a cidade maravilhosa e por motivo de segurança dos foliões foi realizado na Cidade do Samba,área portuária revitalizada carioca. Seria melhor chamar de fabrica dos sonhos, onde são os barracôes das escolas do grupo especial, onde a mágica acontece nas mãos de diversos artesãos, costureiras, engenheiros, arquitetos, historiadores, carnavalescos, ritmistas, aderecistas e passistas trabalham. Então o carnaval também é uma fábrica de trabalho.

Esse ano o homenageado foi um dos 14 filhos do Sr.Augusto Cardoso dos Santos, um dos principais fundadores do Grêmio Recreativo Escola de Samba Império Serrano. Morador do Morro da Serrinha(subúrbio carioca), irmão de Ubiratan Santos,fundador do Bloco Amigos da Onça, de Itací Santos,um dos pioneiros a organizar desfiles(que hoje em dia denomina-se diretor de harmonia). Ele o homenageado, completou 82 anos e começou a brilhar no carnaval aos 8 anos de idade, no carnaval de 1952,que homenageava a grande Ana Nery, ele desfilou como mascote da ala dos Periquitos. Muitos aplausos a Arandi Cardoso dos Santos, nunca ouviu falar né? Que tal então o poluar Careca do Império Serrano.

Careca, imperiano nato,sempre lutou contra o gigantismo nas escola, onde a tecnologia e o dinheiro, ofuscavam o brilho dos passistas e dos integrantes das comunidades. Ganhador do prêmio Estandarte de Ouro, como personalidade do ano pelos seus feitos, criou o Botequim do Samba, que era uma atração aparte dos desfiles televisionados. Careca, foi o idealizador e defensor de se manter as escolas mirins no carnaval carioca, Criador e eterno presidente da Grêmio Recreativo e Cultural Mirim Imperio do Futuro, primeira escola de samba mirim do Brasil, que tinha como finalidade principal(ainda tem, bem como o esporte) de tirar as crianças e adolecentes da ociosidade e de se preservar o samba. Então o samba também é educação.

Fique conosco deixe seu comentário, inscreva-se em nosso canal no YouTube  Te Vejo Aqui by Zequinha, pois é nele que você leitor seguidor e fã tem acesso as entrevistas exclusivas e aos teasers de nossas matérias e não deixe também de curtir e comentar ou ate compartilhar nossas dicas e informes  na página do Facebook TE VEJO AQUI atualizada pelos nossos profissionais . E não deixe de nos seguir no Instagran @tevejoaquibyzequinha Também estamos no Sound Cloud como Zequinha Santos Fotos.

…´´Quem nunca teve contato com o mundo do samba fica deslumbrado com tanta magia que há nesse meio. A simpatia, a felicidade e a emoção que os passistas transmitem refletem tudo o que o samba representa para eles. A admiração surge automaticamente, principalmente ao ver a dedicação para com suas escolas. Nunca vi nada igual, é belíssimo!´´´

A Rainha da Corte Senior,Kellymar, cria da Lins Imperial,foi homenageada pelo carnaval de Manus/AM. É a magia do Carnaval,troca de conhecimentos, reconhecimento a ancestralidade. É o SAMBA uma linguagem.

…´´Não destaquei nenhuma escola, acho que todas fizeram o seu melhor. Gostei muito da Rocinha. Mas acho também que, por ser um evento longo nosso olhar vai ficando menos apurado. Das escolas grandes, não se pode esperar algo pequeno, então acho que as outras séries fazem muito esforço para tentar embelezar a noite e trazer um diferencial nas suas apresentações.´´

As 57 alas de passistas foram organizadas respeitando as regras ditadas pelas ligas que regem o carnaval carioca. A LIGA/RJ ligas que regem o carnaval carioca,nos desfiles na Intendente de Magalhães(séries de apresentação, Bronze e Prata) e LIESA na Marquês de Sapucaí(série Ouro e grupo Especial).

…´´Salve reis e rainhas de pele retinta!Salve a arte da dança do Samba…´´

Os bailes dos Passistas começaram oficialmente em 2018 na quadra da Unidos da Tijuca, em 2019 na quadra da Estação Primeira de Mangueira, em 2020,para não deixar o sambar morrer com a pandemia foi feito uma live realizada no Parque Lage(área nobre da zona sul carioca) onde ações solidárias foram o carro forte.Então o samba é solidário. Lamentávelmente em 2021 não aconteceu em função do ápice do momento Covidiano. Até então era restrito apenas ao carnaval carioca, Em Janeiro de 2021 surge a APASB. Em 2022 volta com força total, já a nível nacional na Cidade do Samba onde também foi sede desse 4*Baile dos Passistas. Lembrando que em todos os anteriores também tivemos homenagens a baluartes do samba.

..´´Samba,expressão máxima da cultura brasileira,Na avenida,ele se corporifica através do rítmo,envolvendo todo corpo dos verdadeiros reis da festa, deixando fluir todo o potencial criativo amealhado na mais profunda experiência de vida…´´(Careca do Império Serrano)

…´´Acontece que Careca, tal como Paulo da Portela e Eloy Antero Dias,enxerga muito além do samba..´´

…´´Com os amigos Jorginho do Império e Jamelão, cria na década de 60 o grupo Os Pelés do Samba, numa época em que era comum, nos desfiles, a apresentação de passistas em pequenos grupos, sambando,disputavam uma bola imaginária que levava o público ao delírio.Dai surgiu a Ala Sente o Drama…´´

Os Bailes dos Passistas foram e são organizados pelo carnavalesco, historiador e comentarista Milton Cunha e equipe, vale ressaltar que é uma super produção muito bem organizado, seguindo um rígido cronograma.

…´´O IV Baile dos Passistas traz a confirmação da diversidade e da beleza dos corpos ritmados no batuque do samba. Como não aplaudir o riscado no chão de todos os gêneros que passaram pelo palco, a criatividade dos responsáveis pelas alas de cada escola e a democracia do direito de mostrar que, independente do tamanho, peso e altura de cada corpo, da idade de cada passista, da cor da pele ou da comunidade ali representada, o samba no pé era o diferencial a ser consagrado. Gosto de ver que o samba se  mantém em sua genuína verdade de trazer no gingado a liberdade, no riscado a naturalidade e na alma, a diversidade. Uma noite de empoderamento do samba e de tudo que isso representa. Foi lindo e surpreendente!

A coluna agradece a produção pelo credenciamento, parabeniza pelo grande evento e já aguardando o próximo.

Todas as fotos usadas nessa matéria são do fotógrafo e nosso editor Zeca Santos e as imagens de Daniel Azevedo.

BOM CARNAVAL A TODOS! RESPEITO É BOM E TODOS GOSTAM!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s