XVII RIO HARP FEST- 3* PARTE

por Zeca Santos, Antônio Correa, Lucimar Adão, Sebastião Neto

A cada semana que passa o XVII Rio Harp Fest, nos apresenta mais diversidades sonoras, novos espaços culturais, diferentes interações entre a milenar harpa e diversos instrumentos, que seja com outros tipos de harpa, com duos ou orquestras e grupos. Muito interessante.

Como todos os concertos anteriores, o salão do Centro Cultural da Justiça Federal esteve lotado e o amor pela música brasileira do harpista argentino cativou bem o público.

E ao longo do festival notamos o respeito dos participantes pelo própio festival, vários harpistas prestigiando concertos diversos e podem nos explicar e trocar mais informações. Como vemos no bate papo entre o argentino Walter e o belga Jacques.

Outro ápice do festival foi a apresentação da Oquestra do Forte, que atende as comunidades de Copacabana (Pavão, Pavãozinho, Cantagalo), zona sul carioca. Em conjunto com o Duo Sotelo do Paraguai. Esse concerto acondeceu ao ar livre, diante do Museu Histórico do Exército dentro do Forte de Copacabana.

Recorde de público, cerca de 2000 pessoas, com um visual primoroso da princesinha do mar.

Fique conosco deixe seu comentário, inscreva-se em nosso canal no YouTube  Te Vejo Aqui by Zequinha, pois é nele que você leitor seguidor e fã tem acesso as entrevistas exclusivas e aos teasers de nossas matérias e não deixe também de curtir e comentar ou ate compartilhar nossas dicas e informes  na página do Facebook TE VEJO AQUI atualizada pelos nossos profissionais . E não deixe de nos seguir no Instagran @tevejoaquibyzequinha Também estamos no Sound Cloud como Zequinha Santos Fotos.

O mestre belga Jacques Vandevelde, que já se apresentara em conjunto com a Camerata da Rocinha, fez seu concerto solo magistral .E o mestre além de ter feito suas harpas ele toca 2 ao mesmo tempo interagindo muito bem com as duas mãos. Esse concerto ocorreu no Salão das Artes do Palácio Tiradentes, no centro político da cidade maravilhosa.

O mestre circulou plenamente do clássico ao pop rock, tocando clássicos de guitarristas como Mark Knofler, chegando ao samba de Ari Barroso, temas de filmes, o máximo.

Todas as fotos usadas nessa matéria são do fotógrafo e nosso editor Zeca Santos e as imagens de Daniel Azevedo.

De volta ao Art Sesc Bistrô, no Flamengo(zona sul carioca)uma nova interação do mestre belga Jacque Vandevelde com a Orquetra de Pandeiros Tum Tá Que Tá .Esse concerto aconteceu ao ar livre no pátio do prédio.

Mais um concerto de casa cheia.

O programa desse concerto foi mais popular, meio samba, meio pop rock, uma homenagem a Jackson do Pandeiro, Jacob do Bandolim.

O festival contina até o dia 01/08 com única apresentação surpresa, siga a programação e se organize terá concerto em Petrópolis e Miguel Pereira( ambas na região serrana do estado).

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s