Carolina, um paraíso perdido

por Zeca Santos;

Carolina, uma cidade situada na região sudoeste do estado do Maranhão, distante 890km da capital São Luis, localizada a 150 metros do nível do mar.

fonte museu histórico de Carolina;

A cidade fundada em 1809 e em 1859 se emancipou. Produtora de soja e arroz, e com uma forte pecuária de gado leiteiro e de corte, o que vem demostrado no brasão da cidade.

Com uma formação geológica de base magmática e sedimentar mais recente, muito rica em relevos e com uma abundante rede fluvial.

Mais antes de conhecer esse paraíso, vamos ao início. Você chega em Carolina voando para Imperatriz e dai mais 2horas de carro ou 3h de bus. Mais precisa se organizar pois a maioria dos voos para Imperatriz só chegam pela madrugada.

Como a cidade está localizada num parque nacional é necessário ter uma agência com guias capacitados e registrados. Nós da coluna indicamos a agência ALÉM DA TRILHA, guias muito bem capacitados e pacientes.

Para cada trilha sempre uma aula, boas informações é sempre importante saber.

Em cada parte de uma trilha uma novidade toda a atenção é importante. As trilhas são longas mais bem tranquilas, não são aconselháveis para idosos acima dos 70 e crianças abaixo dos 12

Para o ecoturismo, é necessário saber o período de chuvas do local que vai visitar, pois chegar em alguma cachoeira ou rio corre o risco de encontrar uma água meio barrenta, não suja apenas por a quantidade de água ser maior, mais forte e ter revolvido o leito e ou fundo do rio. E por essa razão em alguns lugares não é permitida a entrada, por questão de segurança. Siga sempre as instruções dos guias.

Fazer trilhas, andar pelo mato, o contato com a natureza é muito importante percorrer em silêncio, deve-se prestar atenção em tudo, afinal estamos no ambiente que possui uma fauna e flora que são os reais donos do pedaço. Do nada pode aparecer um animal, que da mesma maneira que você está caminhando ou parado lhe observando, por isso o silêncio para que ninguém se assuste podendo causar um acidente. A saber que o conjunto de animais de uma região caracteriza a fauna local.

que encontro, um louva-a-deus( louva-deus ou cavalinho-de-deus são insetos pertencentes à Ordem Mantodea).

A arara-vermelha é uma espécie de ave psitaciforme, nativa das florestas do Panamá, Brasil, Paraguai e Argentina. Sua alimentação é baseada em sementes, frutas e coquinhos
Sapajus é um gênero de primatas da América do Sul que inclui as espécies de macaco-prego, também chamados micos-de-topete. Os Sapajus pertencem à família Cebidae, e são uns dos mais comuns primatas da América do Sul.
Pequi, piqui, piquiá ou pequiá, é uma árvore da família das cariocaráceas nativa do cerrado brasileiro. Seu fruto é muito utilizado na culinária sertaneja. Dele, é extraído um óleo denominado “azeite de pequi”.

Observar, aprender, ter cuidado consigo e com a natureza, que também pede respeito. Cuidado onde pisa, onde segura pode ter espinhos venenosos ou não, frutos, flores. A saber que os vegetais também são seres vivos e o conjunto de vegetais de uma região caracteriza a flora local.

Nosso dia que começou as 7,30Am, já dava 4.30Pm e estávamos mortos e resolvemos assistir o pôr do sol e almoçarmos, dito e feito nosso guia Eduardo nos levou a um restaurante a beira do Rio Tocantins e demos muita sorte.

Assim terminamos nosso 1*dia, tudo mais que maravilhoso, muito aprendizado, novas amizades, lugares inesquecíveis, muitas gargalhadas e energias boas. Lembre-se quando se faz eco turismo, deve-se sempre estar com um calçado próprio pra trilhas e que sirva também para entrar em água, usar roupas leves, levar uma mochila cantil(fundamental para hidratação), leve só 1 documento de identificação nada de cartões de crédito, afinal no mato nada se compra, sempre tenha no máximo 100 reais em cash, pois é necessário para pagar as entradas. Já que estão visitando parque nacionais e a entrada contribui para a manutenção. Se achar conveniente use luvas para escalada(que deixam os dedos de fora(protegem dos espinhos e auxiliam nas subidas e descidas). Passe protetor solar antes, e durante o ideal são os que já vem com repelente junto.

O melhor de cada viagem é interagir com os habitantes, conhecer a cultura local, já que vivemos em mundos tão distantes de cidade grande, vale muito a pena descobrir que o simples e básico também nos traz felicidade. Uma parada na casa de morador para um café moído ali a pouquíssimo tempo, comer um queijo feito a meia hora atrás, depois de ter ordenhado o leite. Olha que máximo, e sem ter compromisso de sair correndo para não pegar o engarrafamento da hora. Uma sacada muito boa do nosso guia Eduardo, essas paradas que podem ser para almoço ou lanche da tarde, se para antes, escolhe-se o cardápio(que está ali correndo pelo quintal) e no retorno das aventuras, basta sentar e degustar uma boa comida caseira típica, com um suco de fruta colhida do pé. Paga-se um preço digno, saímos muito satisfeitos e ainda se ajuda os moradores da área.

Os tucanos são aquelas espécies de aves pertencentes à Ordem Piciforme, Família Ramphastida, composta por cerca de 30 espécies encontradas principalmente no Brasil, México e Argentina. Essa ordem aviária é caracterizada por apresentar pés zigomáticos (nos quais a 2ª e 3ª falange são voltadas para frente e a 1ª e 4ª falange são voltadas para trás) e glândula uropigial (secreta o óleo utilizado na impermeabilização das penas) bipartida. Além dessas características, os ranfastídeos apresentam ainda ausência de inglúvio (papo) e presença de um bico córneo pneumático que é bem leve e resistente. O bico participa também da dispersão de calor, por ser muito vascularizado.

De volta a estrada, fomos a mais 2 cachoeiras da mesas, São Romão e do Prata, cada uma mais fascinante que a outra. Mesmo tendo chovido na noite anterior.

Fomos parar por de traz da queda d´agua, e claro a bateria acabou, um local de desova de pássaros, a trilha para lá muito escorregadia por causa dos excrementos das aves, mais vale muito a pena ir, uma aventura inesquecível.

Bacuri(nome científico Platonia insignis, é uma árvore frondosa que pode chegar a 40 metros de altura) é uma das frutas mais populares da Região Norte do Brasil e dos estados vizinhos à Região Amazônica, sendo muito encontrado no Bioma do Cerrado e em algumas áreas da Mata dos cocais do Maranhão, Piauí e no Pará, mais específico na região de Salinas.
É uma fruta com sabor muito especial que conquista na hora  quem a prova pela primeira vez. Rica em fósforo e cálcio, é usada para fazer sucos, geleias, licor, doces, sorvetes e polpa. O seu poder medicinal vem do óleo retirado de suas sementes, usado como anti inflamatório e cicatrizante

Lamentavelmente não tivemos pôr do sol hoje em função do tempo ter estado nublado o dia todo, nossa tarde foi conhecendo a história da cidade, a igreja do padroeiro e visitando o museu. Toda viagem tem seu lado cultural, que é muito importante se conhecer. Afinal cultura nunca é demais.

E falando do padroeiro, São Pedro de Alcântara….

Fique conosco deixe seu comentário, inscreva-se em nosso canal no YouTube  Te Vejo Aqui by Zequinha, pois é nele que você leitor seguidor e fã tem acesso as entrevistas exclusivas e aos teasers de nossas matérias e não deixe também de curtir e comentar ou ate compartilhar nossas dicas e informes  na página do Facebook TE VEJO AQUI atualizada pelos nossos profissionais . E não deixe de nos seguir no Instagran @tevejoaquibyzequinha Também estamos no Sound Cloud como Zequinha Santos Fotos.

Carolina contada em versos…

Para quem viaja como mochileiro, melhor opção para se ficar na cidade é o Hostel da Cris, que além de servir de hospedagem, é um bom lounge e uma cachaçaria. Claro que fomos conhecer.

a saber: muito bem localizada, na Rua Gomes de Souza 1127

No nosso último dia de aventuras, começou com dia nublado, não permitindo ver o nascer do sol , mais que não nos impediu de escalar o portal das mesas. Uma trilha longa e fácil para todas as idades, basta tomar um certo cuidado de onde pisa e respeitar as regras da trilha.

Ainda conseguimos ir a uma última cachoeira…

E claro que fomos para água…

fotos e imagem do Eduardo da Além da Trilha

E para terminar minhas aventuras e como meu avião só sairia as 3 da manhã de Imperatriz, ainda me restava a tarde inteira para aproveitar e já que estava hospedado no Complexo de Pedra Caída, outro complexo de aventuras, só nele se encontram 25 cachoeiras, trilhas diversas, teleférico, tirolesas, uma pirâmide no topo da montanha para retiro espirituais, além de um parque aquático bem digno. Super indico como opção de hospedagem para quem viaja com família completa. Mas, tivemos o azar de estar chovendo e os guias do complexo fecharam as cachoeiras por segurança. Então fui me aventurar e me superar.

Vamos ao momento superação, sempre tive muito medo de fazer tirolesa, mais como a regra do jogo é subiu tem que descer, já começando a chover não valeria a pena ir pela trilha então, o instrutor super atencioso foi nos acalmando, e como sempre fui competitivo, um outro hospede paulista começou a dizer que eu fracassaria, olha isso!?o ser nunca me viu. Enfim..

o paulista que disse que eu cairia que filmou…

Só faça esse esporte tendo a certeza que tudo está em perfeitas condições, desaconselhável para crianças menores de 18 anos, idosos acima dos 70 ou pessoas cardíacas.

E após todas as aventuras, hora de relaxar, comer, arrumar malas e esperar o transfer da ALÉM DA TRILHA para Imperatriz.

Um comentário o serviço do bar da piscina é melhor do que no restaurante, no complexo tem algumas regras estranhas não se pode pedir ou levar comida para o quarto, pois alguns hospedes estavam alimentando os animais silvestres que ali habitam em seus aposentos e depois apareciam animais mortos, muito escroto de quem fez isso.

Todas as fotos e imagens usadas nessa matéria são do fotógrafo e nosso editor Zeca Santos. A coluna agradece ao 15*Prêmio Inside by Fofa, na pessoa da jornalista maranhense Ilze Fofa Rangel, pela oportunidade de conhecer o estado do Maranhão, a grife La Cllava, na pessoa de Conceição Campos, por fornecer todas as sungas usadas na trip, a agência American Trip em São Luis por organizar tudo( contato:098988580851// contato@americantrip.com.br )na pessoa do Vinícius, a agência Além da Trilha( contato: 09984004253 // contatoalemdatrilha@gmail.com ) na pessoa do Eduardo por toda a paciência, destreza, competência e dedicação.

Serviços: https://www.alemdachapadadasmesas.com.br ; https://instagram.com/alemdatrilhaecoturismo?utm_medium=copy_link ; https://www.instagram.com/hosteldacris/ ; htpps:/www.americantrip.com.br ; https://instagram.com/americantriptour?utm_medium=copy_link ; https://www.pedracaida.com/ ;

Esperamos que tenham gostado desse Diário do Viajante, até o próximo. Continuem conosco.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s