E.C.Pinheiros/SP conquista seu 13*título brasileiro de polo aquático feminino

por Zeca Santos;

Totalmente contra os princípios e desejos do poderoso Barão Pierre de Coubertin, que era totalmente contra esportes coletivos e participação feminina naqueles que se tornaram o maior evento esportivo mundial, os Jogos Olímpicos da era moderna, idealizado por ele em 1896. Ma, já se deu por vencido quando nos jogos de 1900 o polo aquático, que já era popular em diversos países europeus fez sua estréia, porém sua derrota não foi completa, só jogaram homens. As mulheres,nesse esporte aquático, só tiveram a honraria nos Jogos de Sydney 2000 que teve a anfitriã Austrália como campeã, Estados Unidos prata e o bronze ficou com a Russia.

E o que isso tem a ver com a Liga de Polo Aquático Feminino? Que já se chamou Troféu João Havelange e antes(nos primórdios) Troféu Olga Pinciroli. Ouça o nosso histórico com aquela que foi a precursora do esporte aqui no Brasil, e podemos afirmar que o desenvolvimento desse esporte em muito se deu a ela, Letícia Furtado, que hoje ainda joga na liga master canadense.

Oficialmente pela Federação Internacional de Natação(FINA) o polo aquático feminino foi reconhecido em 1980. E o Brasil só conseguiu sua primeira participação em 1990 no Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos em Perth/AUS, onde conseguiu a 8*colocação.

Nesse Open, tivemos apenas 5 times 2 cariocas e 3 paulistas, pelo lado da cidade maravilhosa os mais antigos o Tijuca Tênis Clube, que começou a atuar com feminino em 1983, andou sumido e ressurgiu graças aos incentivos dos professores Ricardo Crivela e Solon Santos; o Clube de Regatas do Flamengo, que teve seu início em 1985, tem 5 títulos brasileiros na categoria principal e tem se mantido forte graças a atuação do professor Antônio Canetti, que é pai de 3 grandes jogadoras , todas que atuam ou atuaram em seleções nacionais, inclusive Marina Canetti atleta olímpica. Pelo lado da terra da garoa tivemos outro sobrevivente que mantêm a tradição em esportes olímpicos detêm 13 títulos na categoria principal, o Esporte Clube Pinheiros sob o comando do professor Roberto Chiappini, que também é pai de atleta , Izabela Chiappini( que tem atuado na Itália); a ABDA de Bauru, a mais nova equipe, que tem recebido todo o apoio de seus dirigentes tanto no masculino quanto no feminino que como o SESI/SP(a outra equipe paulista no torneio que tem o Cirilo como técnico)tem polos espalhados pelo país para fomação e captação de atletas. Uma iniciativa que tem dado bem certo e que acontece nos outros países.

Durante os Jogos Olímpicos de Tokyo 2020 foram levantadas umas questões antigas que também tem a ver com nossa realidade a falta de mulheres nas comissões técnicas e nas arbitragens, e vemos isso muito aqui. Basta ver que não temos nenhuma mulher em comissão técnica, no caso específico do polo aquático, somente Ilana Pinheiro que compõe com maestria a comissão do masculino do Flamengo. E apenas 2 árbitras no quadro de arbitragem da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos(CBDA).

O campo do feminino tem 25 m. de comprimento(cinco a menos que o masculino) por 15 de largura, a bola um pouco menor, a mesma usada em categorias de base com 66 cm. e com 7.5 libras de pressão.

foto Zeca Santos @tevejoaquibyzequinha

Lamentavelmente 4 fortes equipes que também foram precursoras o Clube Paineiras do Morumbi , Clube Atlético Paulistano desistiram de disputar partidas oficiais, o CPM só atua nas categorias de base e o CAP só no master, categorias que não requer investimentos ou apoio. Triste realidade. Já o Botafogo Futebol e Regatas, andou atuando em algumas temporadas passadas,o Fluminense sei lá porque fez 1 equipe a tempos atras e não deslanchou.

O torneio feminino aconteceu no Parque Aquático Fadel Fadel, sede do Clube de Regatas do Flamengo, Lagoa Rodrigo de Freitas zona sul carioca.

As partidas do feminino foram disputadas sempre depois das do masculino, que tinham 2 turnos, de manhã e a tarde restando a noite para as meninas, ou seja sem luz para se fotografar, sem público para torcer e como estamos no inverno até na cidade maravilhosa o frio chegou pesado, tudo contra as guerreiras que mesmo assim superaram essas diversidades e deram um show, pena que sem público para aplaudir. Levando, claro um certo descontentamento das atletas.

As partidas no feminino foram disputadas no sistema todas contra todas tendo os escores. 1* rodada: FLA 11×6 SESI/SP; ECP 19×7 ABDA…

Dando sequência, 2*rodada ECP 21×4 TTC,, maior goleada do torneio. enquanto as donas da casa venceram em jogo apertado a ABDA por 9×7…;

arte by PAB

Na 3*rodada o interior paulista derrotou a capital, ABDA 9×4 SESI/SP…; e no duelo carioca as anfitriãs venceram o Tijuca em 12×5…;

para esse campeonato o Flamengo se reforçou de 2 estrangeiras as olímpicas Ekaterina Tankeeva(ucrâniana) e a espanhola Anna Gual ambas estiveram em Londres 2012 e no Rio 2016 … foto Zeca Santos @tevejoaquibyzequinha

Fique conosco deixe seu comentário, inscreva-se em nosso canal no YouTube  Te Vejo Aqui by Zequinha, pois é nele que você leitor seguidor e fã tem acesso as entrevistas exclusivas e aos teasers de nossas matérias e não deixe também de curtir e comentar ou ate compartilhar nossas dicas e informes  na página do Facebook TE VEJO AQUI atualizada pelos nossos profissionais . E não deixe de nos seguir no Instagran @tevejoaquibyzequinha Também estamos no Sound Cloud como Zequinha Santos Fotos.

4* rodada SESI/SP 9×5 TTC…;

Nossa seleção feminina, mesmo com todos os problemas falta de incentivo e visibilidade como disseram nossas meninas, estivarem presentes em 12 edições de Campeonatos Mundiais, desde de 1991 até 2017, Sendo em 91 nossa melhor colocação um honroso 8*lugar.Também estiveram presentes em 4 edições de Copa do Mundo(91/2014/15/16) em todas em 8*lugar. Fizeram bonito nas 4 participações da COPA UANA(2011/13/15) conseguindo a medalha de PRATA nessas edições, além do BRONZE em 2019 Participaram de todas edições dos jogos Panamericanos, desde que fora incluído em 1999, e obtiveram 6 medalhas de BRONZE nas 7 participações,lamentavelmente na edição de 2007 no Rio de Janeiro acabou em 4*. Nossas guerreiras ainda tiveram apenas 1 participação olímpica, por enquanto, nos Jogos do Rio/2016, onde 8 equipes disputaram divididos em 2 grupos de 4 e o grupo do Brasil era formado por Itália, Austrália e Rússia. Terminamos em 8* lugar sem nenhuma vitória. O time foi dirigido pelo professor Eduardo Abla e teve Marina Zablith. A saber, em 1996 participaram do pré olímpico ficando em 12*lugar não conseguindo a vaga(só os 10 passavam).

Os Estados Unidos possui 6 títulos mundiais e 3 olímpicos, é o atual campeão mundial e olímpico(corrigindo nossa convidada Letícia Furtado, quando em seu depoimento por engano deu a Espanha como campeã dos últimos jogos , que na verdade fora vice campeã). A saber nas 6 edições olímpicas,em que o polo feminino se fez presente, estiveram no pódium.

Chegamos na disputas de medalhas, únicas partidas disputadas diurnamente e também fora o dia das finais masculinas o público apareceu em massa.

arte: PAB

Na disputa do BRONZE a melhor foi para a ABDA que derrotou 12×7 SESI/SP que terminou em 4* e o Tijuca Tênis Clube em 5* . Parabéns as meninas e suas comissões técnicas.

Na disputa pelo ouro, uma final entre paulistas e cariocas, que vem se repetindo a um certo tempo, Esporte Clube Pinheiros x Clube de Regatas do Flamengo(repetindo a final masculina). O time carioca sofreu um apagão, um descontrole emocional visível o que facilitou em muito paras as paulistas que venceram com um placar elástico. ECP 8×2 FLA. Levando a conquista do 13*título brasileiro.

foto Zeca Santos @tevejoaquibyzequinha
O Flamengo jogou com: Hemanuelle Reis, Carolina Ramos, Anna Gual,, Bruna Couri, Jully Portela, Jeniffer Kathlen, Ekaterina Tankeva, Camila Barros, Samantha Resende, Rebecca Moreira, Vandra Rodrigues, Nicole Pimenta, Manuela Canetti técnicos: Antônio Canetti e Rafael Hall.….. foto Zeca Santos @tevejoaquibyzequinha

A coluna agradece a PAB, na pessoa de Marcelo Ferreira pelo nosso credenciamento, a CBDA na pessoa de Cristina Callou, a atleta rubro negra laureada pelo polo aquático Letícia Furtado por sua participação ao atleta do SESI/SP Ruda Franco e ao técnico Solon Santos do TTC por informações cedidas.

Pinheiros jogou com: Thatiana Pregolini, Diana Abla, Sofia Barbosa, Mariane Cosmo, Izabela Chiappini, Ana Maria Diaz, Lara Novacov, Melani Dias, Marcela Marrani, Luana Quinn, Ana Bea Mantellato, Letícia Nassori,, técnicos:Ives Alonso e Roberto Chiappini… foto Zeca Santos @tevejoaquibyzequinha

O esporte feminino não é só o volleyball, olhe para o futebol, esporte 1 do país, temos a única jogadora 6x melhor do mundo que precisou ir jogar no exterior para ser vista e mostrar seu talento. Prque temos , ainda bem, uma Formiga jogando? Onde está a renovação? Porque os clubes não investem e valorizam as mulheres? Vamos analisar como foram os Jogos de Tokyo, o que seria do nosso quadro de medalhas se não fossem as mulheres guerreiras valentes. Quantas Rebecas, Raissas,Daianes, Martines,Martas, Anas, Cristianes, Danieles, Mayaras, Rosângelas, já se perderam por não terem onde treinar por não terem incentivos. Nosso handball já foi campeão do mundo e cade a renovação e o que falar do basket que também já fora campeão mundial, 3 medalhas olímpicas e nem vaga conseguiu por problemas de dirigentes e técnicos que não se reciclam. Vamos formar mais técnicas, árbitras, vamos incentivar mais enviando delegações pra trainning camps, estágios para técnicos, vamos fazer mais parcerias com projetos sociais,(esse quisito o Flamengo ta seguindo) o que mais tem nesse país são crianças por ai não é possível que de 10 não saia 1. Enfim, vamos VALORIZAR e RESPEITAR NOSSAS MULHERES heroínas, guerreiras, valentes das águas, das quadras,dos tatames, dos ringues,dos campos, nas pistas, nas ondas. MUITOS APLAUSOS A TODAS ELAS.ELAS TAMBÉM SÃO ÍDALAS, SÃO RAINHAS.

Exceto o depoimento da convidada Letícia Furtado, feito por ela e nos enviado gentilmente os demias são do nosso editor chefe e fotografo Zeca Santos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s