Quem Tem Fome Tem Presa!

por Zeca Santos; 

Desde dos anos 80, Herbert José de Sousa, conhecido como Betinho, dedicou-se ao projeto Ação da Cidadania contra a Fome, a Miséria e pela Vida. Como bom sociólogo que era, levantou essa bandeira sozinho, mobilizando toda uma nação em prol de acabar ,ou minimizar a fome no Brasil.

Quem Tem Fome Tem Presa!

Betinho, que fora perseguido pela então ditadura militar saia as ruas, batendo nas portas dos amigos milionários, dos amigos políticos, usava seu dom de escritor para tratar desse enorme problema, conseguia doações físicas e institucionais. Sem nenhum vínculo partidário, sem nenhum interesse próprio. E o melhor, todas as doações arrecadadas chegavam aos seus destinos certos, comunidades realmente carentes.

foto: Zeca Santos

Após sua morte, em 97, políticos inescrupulosos se apossaram dum super trabalho, uma campanha do bem´para conseguirem votos. Alias, eles só lembram da Ação da cidadania em tempos eleitorais contratando artistas e celebridades. Os músicos criam sempre uma bela canção, montam um casting maravilhoso que abrange e agrada a todas as tribos, shows ´´beneficentes´´. Ai então começa a verdadeira estória, que vem se repetindo e sendo publicada sempre por todos os meios de comunicação. A grana arrecadada bem como os mantimentos, acreditem os mantimentos mais da metade desviados, a a verba então nem se fala numa proporção de 1 comunidade para 3 bolsos diferentes. Pobre Betinho, deve está se revirando em sua tumba.

divulgação

E como em todos os anos eleitorais e ainda com essa pandemia que tem assolando o mundo, um excelente casting foi mobilizado, e com uma letra primorosa, que provavelmente já está nos dials.

Nossos editores comentaram e achamos que devíamos compartilhar com vocês até porque estamos em ano eleitoral e nós temos o poder, nossa arma, O VOTO. Pensem Nisso.

divulgação

Antônio Correia, achou que…´´Demagogia, oportunismo…Vide, retiro dos artistas.Sabemos q essa classe não sai de sua zona de conforto, só investe em mídia em prol de seus holofotes…Sou devoto de Sto Antonio, por onde ando, procuro saber, ajudar nas campanhas… Converso com minha crença e percebo no convento Santo Antonio (hoje são distribuídas, sem ver a quem, 400 quentinhas diárias no Largo da Carioca) sinto-me estimulado e satisfeito em contribuir (sem holofotes, ninguém é sabedor). Cético com classe artística oportunista…. vide demagogia recriminatória ao uso das drogas, são os maiores consumidores e usuários!…´´ (fotos: Antônio Correia)

Lucimar Adão, já discordou do Antônio, porém a fez pensar…´´Olhando por este aspecto, talvez você tenha razão. Mas sempre que generalizamos, corremos o risco de sermos injustos.
Por outro lado, ao pensar na campanha original, aquela pensada por Betinho, aquele sentimento e intencionalidade é verdadeiro. Acho que é por isso que, como sociedade, vale a mobilização.E estou entendendo que você não é contra a campanha, mas sim contra o oportunismo que parece se instaurar em seu entorno.
Obrigada por me fazer pensar nisso também ! Só olhei a beleza e não as entrelinhas… e isso é sempre importante!

foto: Antônio Correia

Fique conosco deixe seu comentário, inscreva-se em nosso canal no YouTube  Te Vejo Aqui by Zequinha, pois é nele que você leitor seguidor e fã tem acesso as entrevistas exclusivas e aos teasers de nossas matérias e não deixe também de curtir e comentar ou ate compartilhar nossas dicas e informes  na página do Facebook TE VEJO AQUI atualizada pelos nossos profissionais . E não deixe de nos seguir no Instagran @tevejoaquibyzequinha Também estamos no Sound Cloud como Zequinha Santos Fotos.

divulgação

Nosso romântico editor junior Sebastião Neto, após suspirar …´´Achei uma bela iniciativa dos artistas para sensibilizarem as pessoas sobre a questão da fome com uma música em conjunto (contendo as características de isolamento social de cada um). A visibilidade que eles têm vai ajudar na conscientização e ainda vai conseguir mobilizar iniciativas que tentem amenizar o problema.´´

foto: Vinícius de Melo

Walter Correia, teve uma postura meio vaselina digamos assim…´´Mesmo que seja oportunismo destes artistas se engajarem nessas campanhas, não deixa de haver reflexão sobre a situação de muitos que passam fome...Sabe-se que a desigualdade perdurará…Mas, a sensibilização é sempre válida! Acredito que sempre vale a mobilização. E que outros artistas se envolvam em campanhas positivas de combate às desigualdades!´´

foto: Zeca Santos

Nosso video maker, Daniel Azevedo, nascido e criado na Rocinha(maior favela da América Latina) nos declarou que..´´nunca aconteceu doações de cesta básicas ou de quentinhas, nem mesmo nos epsódios das chuvas torrenciais quando ocorrem desabamentos… Quando a UPP entrou na favela distribuiu a xepa de feira(tipo restos de frutas e verduras)os bandidos ajudam mais que os políticos pra poder ta na boas graças com os moradoressempre nos períodos eleitorais quando algum político aparece, as vezes distribuem traquinas a quem se dispõe a fazer fotos…Mas doações sérias nunca teve´´

foto: Antônio Correia

A coluna agradece a colaboração de todos nossos editores Antonio Correia( texto e fotos), Daniel Azevedo, Lucimar Adão, Sebastião Neto e Walter Correia. Nosso muito obrigado ao colega da Agência DF, Vinícius Melo pelo envio da foto.

foto: Zeca Santos

O espírito do Betinho reascendeu atualmente em função dessa pandemia corônica que fez a sociedade rever seus valores e ser mais solidário. Independentes de partidos políticos, voltou as ruas para ajudar, dividir, aquecer e alimentar o próximo. Todas as igrejas se dispuseram a oferecer algum tipo de alimento em todas as partes do país, a alta sociedade desceu do salto e também junto com seus filhos, ditos playboys puseram a mão na massa. Lamentavelmente o estado não fez a sua parte. A coluna parabeniza a todos que se solidarizaram e que o real espírito do gênio BETINHO volte a reinar.

foto: Agência O Globo

Deixe uma resposta