Copa Carioca de Futebol Interligas

por Zeca Santos;

A Copa Carioca de futebol é a disputa entre os ditos pequenos times do estado do Rio de Janeiro. Sem estruturas gigantescas, sem um orçamento estrondoso, sem estrelas. Digamos que seja o futebol raiz, como as tradicionais peladas. Considerada a série C/D do nosso futebol.

Clubes desconhecidos do grande público como: Agulhas Negras(time militar), Antenense, Arraial do Cabo, Atlético Pilar, Audax, CDE(time militar), CFA, Miguel Couto, Nilópolis e SOS.

O torneio é disputado em 6 rodadas no sistema de todos contra todos, regime de pontos corridos.

Nossa editoria foi convidada a assistir o jogo CDE x CFA, realizado no estádio Capitão Claudio Coutinho, casa da equipe CDE(na Fortaleza São João, Urca, zona sul carioca).

O jogo fora disputado atendendo todas as normas de segurança determinadas pela Secretária de Saúde e pela Federação de Futebol, mesmo estando dentro de uma instalação militar, sem público, nada de aglomerações e quem trabalhava todos de máscaras, com álcool gel nas áreas dos times.

Um jogo bem disputado, com gritos, tombos, xingamentos ao juiz, fatos normais de uma partida de futebol. O que mais chamou atenção foi que os juízes respondiam aos impropérios, os dirigentes davam pitacos, os jogadores discutiam com seus técnicos. E o melhor de tudo não tinha súmula oficial, apenas anotações num papel, bem pelada mesmo. Por isso fomos ao nosso video maker, Daniel Azevedo, que é um peladeiro conficto, que definiu bem pelada.

´´Na Pelada tudo pode acontecer , é um jogo de futebol organizado por “amigos” e com um número de jogadores resolvido na hora .
A maioria das peladas servem como Pós ou pré trabalho , muito funcional dentro das favelas .
Todos jogam , desde os mais novos até os mais maduros , sem faixa etária ou diferença de tamanho . Muitas resultam em alguns campeonatos internos em que alguns conseguem sair e competir fora e até conseguir uma chance em times maiores .
Muitas partidas são definidas com 10 minutos ou 3 gols com 6 ou 7 jogadores incluindo o goleiro . Não se tem juiz , a consciência é o que vale
´´

Fique conosco deixe seu comentário, inscreva-se em nosso canal no YouTube  Te Vejo Aqui by Zequinha, pois é nele que você leitor seguidor e fã tem acesso as entrevistas exclusivas e aos teasers de nossas matérias e não deixe também de curtir e comentar ou ate compartilhar nossas dicas e informes  na página do Facebook TE VEJO AQUI atualizada pelos nossos profissionais . E não deixe de nos seguir no Instagran @tevejoaquibyzequinha Também estamos no Sound Cloud como Zequinha Santos Fotos.

os árbitros, que cometeram diversos erros, e como não se tem VAR ficou por isso mesmo. Levando ao total descontentamento dos participantes.

Mesmo com as confusões, desentendimentos verbais, nenhuma confusão física aconteceu,

E como tudo na vida tem seu lado poético, nosso editor junior Sebastião Neto, soltou seus versos para descrever uma pelada.

´´Peladinha Marota´´

´´Valendo um refrigerante

Ou vaga no mata-mata,

A Copa nem chega perto

Da pelada quando empata.

A falta nem vale nada,

Cobrança já vem com medo

E lesionado é o jogador

Que perde o tampão do dedo.

Canela toda amassada

Que apela no chumbo grave.

A cara é de desespero

Se alguém fica na trave

 Bate-boca interminável

Quando sempre entram de sola.

Que sempre termina em riso

Se alguém pisa na bola.

A “Liberta” vira merreca

E a´´ Champions´´ vira chacota

No racha que é disputado,

 Nem Messi cobre essa cota.

Drible alto, passe baixo

E a curtição que contagia,

A pelada só não melhora

Porque não tem toda hora.´´

Enfim chegamos ao final do jogo com a vitória do time da CDE, que por acaso é a base das seleções militares.

Todas as fotos e imagens usadas nessa matéria são do fotógrafo e nosso editor Zeca Santos.

Agradecemos ao convite da CDE na pessoa do Major David, as participações de Daniel Azevedo e Sebastião do Carmo Neto que com suas palavras engrandeceram a matéria. Desejamos boa sorte aos times e aos jogadores. E esperamos que nas próximas partidas os juízes sejam mais aferidos.

Deixe uma resposta