Baile Glan Gay 2020 by Milton Cunha

por Zeca Santos , Lucimar Adão;

Com o mesmo glamour do baile da Vogue, ou o baile do Copa aconteceu o Glan Gay, baile carnavalesco gay ou melhor de todas as categorias discriminadas erroneamente .

679

O Glan Gay tem a organização do carnavalesco, historiador e comentarista Milton Cunha.

975
o anfitrião, Milton Cunha, recebe e homenageia Eloina, a 1* travesti que veio a frente de uma grande escola(Beija Flor de Nilópolis).

Informamos que travesti, são homens que se vestem de mulher,e que tem vidas paralelas(ou tinham), quando ´´homens´´são professores, advogados, médicos , comuns como qualquer outro , porém quando travestidos são artistas guerreiros procurando reconhecimento e glória. Porque disso? Não tiveram oportunidades como simples ´´homens´´ e tiveram a coragem de se se travestir para conseguirem um lugar  ao sol. A saber o Brasil é um dos maiores exportadores de travestis do mundo, diversos fazem muito sucesso como artistas de palco. Lembrando, que a finada Rogéria, Eloina. Jane, Lorna, foram as precursoras na década de 60 e sobrevivendo e vencendo até a ditadura militar da época.Rogéria foi atriz e cantora, Eloina se tornou uma grande empressária, Jane atriz e Lorna era catedrático em direito penal. Uma nota: quando Eloina, foi ´´rainha de bateria´´esse posto não existia, o saudoso Joãozinho 30, resolveu dentre outras idéias mirabolantes dele(o que o tornou o maravilhoso carnavalesco que foi)por um travesti a frente da bateria, causando o maior frisson na bateria.E ela arrasou.

O glamour do baile se deve ao resgate dos concursos de fantasia de luxo e originalidade, como nos velhos carnavais cariocas, onde personalidades com Clóvis Bornai, Wilsa Carla, Eloy Machado, Isabel Valença, Evandro de Castro e muitos outros, brilhavam nas passarela de hotéis 5 estrelas onde haviam os grandes bailes , bem como no Theatro Municipal(onde ocorria o baile de gala da cidade) e nos desfiles das agremiações abrilhantando o carnaval carioca, outras épocas que não tinham problemas burocráticos e governamentais desnecessários e patéticos.

O baile além de fazer esse resgate cultural e afetivo, conta com firulas que fazem o mundo gay bem mais alegre e divertido, onde todos são iguais e não existe preconceitos hipócritas.

Como todo grande baile tem sua corte escolhida pelo organizador e além disso a presença da corte oficial do carnaval carioca.

900

Onde o Rei é o estilista Valério Araujo e a Rainha a atriz Lívia Andrade, que além de tudo é rainha de bateria da Paraíso do Tuiutí( a escola será a 4* a desfilar no domingo de carnaval, no grupo das especiais) ….;

Como nas edições anteriores, concursos de dublagem, da cabrocha Glan , e pela primeira vez o do gostoso do Glan.

Fique conosco deixe seu comentário, inscreva-se em nosso canal no YouTube  Te Vejo Aqui by Zequinha, pois é nele que você leitor seguidor e fã tem acesso as entrevistas exclusivas e aos teasers de nossas matérias e não deixe também de curtir e comentar ou ate compartilhar nossas dicas e informes  na página do Facebook TE VEJO AQUI atualizada pelos nossos profissionais . E não deixe de nos seguir no Instagran @tevejoaquibyzequinha.

A edição 2020 do Glan Gay aconteceu na quadra da Escola de Samba Estácio de Sá, subúrbio carioca, berço do samba. A saber, a Estácio de Sá será a 1*escola a desfilar no domingo de carnaval, de volta ao grupo especial. Muito orgulho.

Já para o gostoso Glan 2020 tivemos um triplo empate, pelo juri oficial o vencedor foi o ex mister CaboFrio, Jonathan Elias, mais já pelo juri popular os garçons da casa foram aclamadíssimos e com razão e por unanimidade também receberam os prêmios dos patrocinadores.

20200209_224934
A cada vencedor era oferecida um troféu lindo de porcelana denominado ´´A Mão Boba´´

948

Todas as fotos usadas nessa matéria são do fotógrafo e nosso editor Zeca Santos e as imagens de Daniel Azevedo.

Carnaval é uma festa popular , da cultura negra, que merece e deve ser respeitada como todo tipo de manifestação de cultura popular. RESPEITE O MEU AXÉ POIS RESPEITO A SUA AVE MARIA.

Princípio básico de se brincar carnaval, cantar, dançar se fantasiar, dar beijo na boca , transar, beber, comidas e roupas leves. Para cada item desses básicos, existem umas regras ditadas pelo REI MOMO:… SE BEBER NÃO DIRIJA, volte de uber ou transporte coletivo..; USE CAMISINHA…; RESPEITE O VIZINHO…; NÃO É NÃO, sem essa de forçar a barra…; HOMOFOBIA É CRIME.

BOM CARNAVAL A TODOS.A coluna agradece a Milton Cunha, ao convite e parabeniza aos vencedores e as respectivas cortes.

20200209_222700

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s