E assim se passou mais um Reinado de Momo

por Zeca Santos, Antonio Correia,Conceição Campos e Daniel Azevedo;

Os desfiles das escolas de samba desse ano tiveram além da alegria um toque político muito forte mostrado em todos os sambas. Afinal o atual prefeito declarou uma guerra particular com o mundo do samba. Porém nada impediu dos guerreiros sambistas, dos heróis dos barracões, das rendeiras , costureiras, aderecistas, dos historiadores, dos carnavalescos de fazerem um dos melhores espetáculos da terra que é idolatrado em todos os cantos do mundo.

Como nos anos anteriores tivemos 2 dias de desfiles com 7 escolas em cada dia. No domingo de carnaval tivemos: Império Serrano, Viradouro, Salgueiro, Grande Rio, Beija Flor, Imperatriz Leopoldinense e Unidos da Tijuca. Já na segunda feira: São Clemente, Vila Isabel, Portela, União da Ilha, Mangueira( a grande campeã), Paraíso do Tuiutí e encerrando Mocidade Independente de Padre Miguel.

Império Serrano, escola que tinha voltado para o grupo especial, lamentavelmente, por ter sido a única do grupo especial a desfilar sob chuvas torrenciais, tornou a descer. Mas também cometeu um erro grave o casal de mestre sala e porta bandeira evoluíram sobre um tablado elevado, esse fato não agradou em nada os jurados.

012

A Unidos do Viradouro, que também retornou ao grupo especial, veio logo a seguir e já sem chuva.

A Viradouro veio com muita garra e deu certo foi vice campeã do carnaval.

A escola veio falando da magia da literatura. Além do vice campeonato a escola ainda arrebatou os prêmios: Troféu OBCAR ofertado pela UFRJ de melhor fantasia e de alegoria.

O Xangô do Salgueiro, não foi tão forte a escola ficou em 5*. Ela passou bem, mais desanimada, estranho pois a escola teve total apoio da imensa torcida. Realmente faltou garra e o principal  a energia da ex presidente Regina.

O Salgueiro conquistou 2 Estandartes de Ouro, prêmio concebido pelo Jornal O Globo. Por sua ala de baianas e passista feminina Bellinda Delfim.

A Acadêmicos do Grande Rio, a escola das musas, não aprende poe um monte de gente com camisa que faria uma ala com a quantidade de gente e essa galera só atrapalha a escola.

A escola teve no ano passado(2018) o pior carnaval de sua história, fez com que ela trocasse o puxador do samba, o casal de mestre e sala e porta bandeira. Conseguiu uma melhora considerável ficando com o 9*lugar.

A comissão de frente, usando drones sob a forma de emojis na cabeça, conquistou o Estandarte de Ouro na categoria inovação;

Beija Flor, após perder o grande diretor de carnaval Layla, caiu tanto de padrão que até quase foi parar no segundo grupo, terminou em 11* . Mesmo com enredo que contava sua história.

Screenshot_20190304-054553_WhatsApp
Piná, a grande destaque da escola também foi homenageada. 

Imperatriz Leopoldinense com toda sua empáfia acabou caindo. Terminou em 13*lugar.

São Clemente, única escola do grupo especial que representa a zona sul carioca, sempre apresenta sambas irreverentes, e a escola sempre passa com alegria e brincando carnaval. Sem estrelas sem paparico.

048

Portela, escola com maior número de títulos do carnaval carioca com 23, veio com Clara Nunes,porém sem garra um pouco fria, não conseguindo desenvolver uma boa evolução.

A comissão de frente, levou a assinatura de Carlinhos de Jesus e consequentemente levou o Estandarte de Ouro.

Paraíso do Tuiutí, escola vice campeã de 2018, veio falando do Ceará, do bode, e não teve o mesmo desempenho, mesmo com um refrão do samba bem forte.

411

A União da Ilha, também veio falando do estado do Ceará e também não emplacou.

Fique conosco deixe seu comentário, inscreva-se em nosso canal no youtube  Te Vejo Aqui by Zequinha( criado pelo nosso videomaker Daniel Azevedo), pois é nele que você leitor seguidor e fã tem acesso as entrevistas exclusivas e aos tisers de nossas matérias e não deixe também de curtir e comentar ou ate compartilhar nossas dicas e informes  na página do facebook TE VEJO AQUI atualizada pelos nossos profissionais Antônio Correia e Zeca Santos. E não deixe de nos seguir no instagran @tevejoaquibyzequinha.

Unidos de Vila Isabel, veio mostrando Petrópolis, a cidade imperial.

A escola atrasou em 1 minuto para sair da avenida,já começou,1 atras de todas e mesmo assim terminou em 3*lugar.

Todas as fotos usadas nessa matéria são do fotógrafo e nosso editor Zeca Santos e as imagens de Daniel Azevedo.

Estação Primeira de Mangueira, super campeã, falando dos heróis esquecidos pela nossa história.

Agora só em 2020. Parabéns aos bravos que superaram todas as dificuldades climáticas e governamentais e botaram o carnaval na rua e em grande estilo como sempre.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s