Gastronomia de Rua ocupa MAM

por Zeca Santos

Literalmente um final de semana de dar água na boca, o Celebra, programa cultural do Comitê Rio 2016, reuniu o melhor da gastronomia de rua  para deliciar os cariocas. Entre um petisco e outro, atrações culturais se revezaram nos pilotis do MAM (Museu de Arte Moderna)na área central da cidade olímpica.

085

O evento reuniu os melhores ambulantes,aqueles que circulam pelas areias das praias e pelas feiras livres em uma parceria Celebra com o sistema FIRJAN , com isso criou-se uma vasta programação cultural e gastronômica.

Os ambulantes ganharam um belo quiosque decorados pelo artista Geléia da Rocinha espalhados por toda área inferior do museu e essa mesma arte foi levada para os cardápios. Ou seja os ambulantes receberam uma bela repaginada para o evento.E a todo momento a arte se mistura a gastronomia.

Circulando pelos pilotis, descobrimos que a gastronomia também se mistura a literatura,ao ler as informações dos quitutes…deliciosos por sinal.

E já que estamos falando da literatura, foram lançados 2 livros claro sobre culinária…´´Guia Carioca da Gastronomia de Rua 2´´ e  ´´A Cozinha dos Quilombos´´..já avenda nas melhores casas do ramo.

Chegou a hora de comer afinal o evento é de gastronomia, mais a escolha é difícil de angu a hot califórnia,churrasquinhos,acarajé,brigadeiros,casadinhos,sacolés e o máximo cocadas assadas.

Entre todas as delícias escolhi o hot califórnia e a cocada,até porque eram os quiosques vazios na hora…afinal o evento esteve lotado durante o final de semana.

Das atrações culturais,tivemos o prazer de acompanhar o show da banda El Miraculoso Samba Jazz,a Orquestra de Perna de Pau e intervenções teatrais.Até os mascotes olímpico e paralímpico(Vinícius e Ton) deram as caras por lá.Palestras com chefs renomados.Tudo muito legal,valeu muito a pena.Tenho certeza de quem foi soube aproveitar.

046
Ton e Vinícius,os mascotes olímpico e paralímpico dos Jogos do Rio
112
banda El Miraculoso samba  jazz
103.JPG
e no papo de cozinha,Hélio Serrão harmonizava as cervejas com pratos.

Foi um super evento que valorizou a culinária e a arte popular,bastava chegar pagava apenas o que consumia a preços bem acessíveis para toda família,tinha tudo para todos os gostos.E ainda podia se vislumbrar com a vista da enseada da Baia de Guanabara.Uma das maravilhas que a mãe natureza nos presenteou.

116

074
Acarajé da Nega Teresa,fez o maior sucesso,sempre lotado

Continue conosco,participe deixando seu comentário e curtindo tanto aqui como na página no facebook de mesmo TE VEJO AQUI, onde você leitor seguidor e fã poderá conferir entrevistas exclusivas e tisers de nossas coberturas.

 

Um comentário sobre “Gastronomia de Rua ocupa MAM

  1. Parabéns pela excelente matéria. A Nega Teresa é minha amiga há muitos anos, o acarajé dela foi o ponto de partida para nossa amizade, e é uma deliciosa coincidência juntar no mesmo post vc Zeca, a Nega Teresa e a comida de rua. Por isso o parabenizo três vezes!!!

Deixe uma resposta