´´Tribo Q´´, show, fashion, inclusão e RESPEITO

por Zeca Santos;

A vida voltando ao normal, mais ainda tendo que seguir protocolos de segurança, vacinação salva vidas. O mundo parou, para que todos pudessem refletir de como tratam o próximo e ao meio ambiente. E o incrível é que tem pessoas que ainda acham ser superiores a outras e que o meio ambiente não tem a menor importância. E a Tribo Q, antiga Candy bloco, veio mostrar que todos nós somos iguais e precisamos respeitar uns aos outros bem como ao meio ambiente.

O respeito com qualquer um é imprescindível e independe de quem você leva pra cama, já que isso não é da conta de ninguém a não ser dos envolvidos. Já passou da hora dos insanos entenderem isso. Afinal, a natureza nos dotou de um rabo para cada um cuidar do seu.

E nessa parada obrigatória pandêmica, teve um lado positivo, despertou novos talentos, as pessoas descobriram ser capazes de produzir algo novo e se tornar rentável.

Fique conosco deixe seu comentário, inscreva-se em nosso canal no YouTube  Te Vejo Aqui by Zequinha, pois é nele que você leitor seguidor e fã tem acesso as entrevistas exclusivas e aos teasers de nossas matérias e não deixe também de curtir e comentar ou ate compartilhar nossas dicas e informes  na página do Facebook TE VEJO AQUI atualizada pelos nossos profissionais . E não deixe de nos seguir no Instagran @tevejoaquibyzequinha Também estamos no Sound Cloud como Zequinha Santos Fotos.

Tibro Q é um movimento com engajamento de respeito, de inclusão, de alegria, de festa então vamos cantar, dançar e nos divertir.

A energia de palco de um show começa no backstage, quando o back ferve significa que teremos um grande show, então fomos ao camarim pra testemunhar essa máxima.

Então, vamos nos divertir…A Tribo Q, aconteceu no clube Monte Líbano na lagoa Rodrigo de Freitas, coração da zona sul carioca. E os ingressos foram vendidos pela internet para evitar tumultos e cambistas na porta.

Todas as fotos usadas nessa matéria são do fotógrafo e nosso editor Zeca Santos e as imagens de Daniel Azevedo.

Volto a dizer que não precisa de guetos, ou de um alfabeto inteiro para definir alguém, somos homens ou mulheres, somos humanos, somos iguais, somos pretos, somos brancos, vermelhos, cinzas, marrons, amarelos, somos cidadãos ou cidadãs, pagamos nossas contas e impostos. Somos artistas, atletas, médicos, advogados, engenheiros, enfermeiras, domésticas, faxineiros, manicures, rimos, choramos, amamos, fazemos sexo com quem quisermos e não é da conta de ninguém. Exigimos respeito e que façam ser cumpridas as leis, já que qualquer tipo de preconceito é crime e homofobia também,

Reveja seus conceitos, e deixe-se fluir, permita-se, seja feliz. Agora se não gosta, não frequente, se não gosta não fofoque, se não gosta não atrapalhe e faça o seu, e RESPEITE QUALQUER UM , cuide da sua vida. Se todos fizessem dessa forma TOMAR CONTA DA SUA VIDA o mundo estaria bem melhor. A vida seria mais leve. RESPEITO É BOM E TODOS NÓS GOSTAMOS.

A coluna agradece ao convite e credenciamento e comprovou que esse reencontro mágico entre amigos simpatizantes deu certo sem confusões, muita diversão e alegria.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s