Como você se relaciona com seu corpo?

por Zeca Santos;

Após assistir a peça ´´Amores Flácidos´´, um  texto do dramaturgo Herton Gustavo Gratto, um dos vencedores na Primeira Edição do Núcleo Sesi de Dramaturgia em 2014. Criamos um debate sobre como você, leitor, seguidor e fã se relaciona com seu corpo e ouvimos diversas pessoas de diversas áreas.

Com frequência, pessoas acima do peso são desqualificadas pela sua imagem corporal, rotulados inclusive de preguiçosos e desleixados.

Clinicamente falando, obesidade é um distúrbio que envolve excesso de gordura corporal, aumentando o risco de problemas de saúde. Uma pessoa está obesa quando o índice de massa corporal (IMC) dela é de 30 ou mais. O sintoma principal é o excesso de gordura corporal, o que aumenta o risco de problemas de saúde graves como: hipertensão, doenças cardiovasculares, diabetes tipo 2, além de problemas físicos como artrose, pedra na vesícula, artrite, cansaço, refluxo esofágico, tumores de intestino e de vesícula. Afirmou o nutricionista Dr. José Cláudio.

As causas da obesidade pode ser predisposição genética, comportamentais, metabólicas e hormonais no peso corporal, mas também pode desenvolver principalmente com a adoção de maus hábitos alimentares e sedentarismo. Terminou nosso nutricionista.

Segundo o Aurélio temos que Gordofobia é a aversão à gordura e as pessoas que estão acima do peso, fazendo com que se sintam inferiores aos outros. Preconceito, tratar mal, desmerecer ou fazer a pessoa acima do peso se sentir inferiorizada são características que indicam a gordofobia.

Pessoas com obesidade são vítimas de piadas, julgamentos e escutam de muita gente que precisam emagrecer, na peça vimos bem isso na passagem… ´´Eunice, que sempre sofreu preconceito e estigma ao longo de sua vida por conta do seu corpo e obesidade, se apaixona por Aroldo, magro, bonito e esbelto, que evita glúten e nunca come dois tipos de carboidratos de uma só vez. Aroldo também se apaixona por Eunice. Flertam, namoram, passam a morar juntos, mas ele não consegue assumi-la socialmente e perante sua família. Após dois anos escondendo Eunice do mundo externo, uma descoberta leva Eunice a um rompimento brusco: -O tempo que tenho para terminar de tomar esse sorvete é o tempo que você tem para cair fora da minha vida, de uma vez, meu filho. Cai fora!” O ego de Aroldo, por sua vez, não aceita que uma mulher gorda o rejeite. Suas atitudes a partir disso, traduz simbolicamente toda a violência sofrida por pessoas com obesidade.,,´´

Pessoas que são vítimas de gordofobia podem sofrer consequências do ponto de vista de saúde mental, como depressão, baixa autoestima, ansiedade e tentativas de suicídio.

Gordofobia é o preconceito em relação ao biótipo que algumas pessoas apresentam acima do normal, não necessariamente ao índice de massa corpórea, mas ao aspecto físico com saliências, longe de corpo atlético que imputa para alguns como até um caráter dessa pessoa mais gordinha. Sérgio Mattos, o melhor caça talentos da moda brasileira e big bosss da agência 40*Model´s, nos explica melhor.

Fique conosco deixe seu comentário, inscreva-se em nosso canal no YouTube  Te Vejo Aqui by Zequinha, pois é nele que você leitor seguidor e fã tem acesso as entrevistas exclusivas e aos teasers de nossas matérias e não deixe também de curtir e comentar ou ate compartilhar nossas dicas e informes  na página do Facebook TE VEJO AQUI atualizada pelos nossos profissionais . E não deixe de nos seguir no Instagran @tevejoaquibyzequinha Também estamos no Sound Cloud como Zequinha Santos Fotos.

Nosso poeta e editor junior Sebastião Neto criou mais um belo texto para sintetizar noso debate.

´´Olho Gordo´´

Olho gordo na minha vida

Pois invejam meu viver.

Não posso dar um sorriso

Que acham que vou comer.

Não me cedem meu lugar E me rotulam de problema

O que pesa é o pensamento

De quem julga esse meu lema

Na balança, vai meu corpo

Mas sua língua pesa mais.

Vou tão leve nesse mundo Apesar não ter paz.

Quando chego nos lugares

Sou motivo de alvoroço.

Preconceito destampado

Me chamam: “Rolha de poço”

Posso ser por opção,

Comorbidade ou por genética.

incentive as pessoas , não mate o sonho delas… como faz o professor de steep Brian com sua aluna Jossiane… foto divulgação

Plus Size não é vergonha,

Não defina minha estética.

Vivo rindo, esbelto sou,

Não satisfaço a falcatrua.

Se eu posso fechar minha boca,

Tu podes fechar a tua.´´

foto divulgação

Judicialmente falando, gordofobia é apenas uma injúria e não um crime, mesmo que leve o insultado a sérios danos inclusive ao suicídio. Porém, atualmente o judiciário está analisando se gordofobia pode ser enquadrado como Crime de Ódio e intolerância( que por enquanto só diz respeito ao racismo, religião, e homofobia).

A coluna agradece a participação do ator e nutrólogo Bruno Dubeux, da pedagoga Lucimar Adão, da professora e ex nadadora Sulamita Peixinho, do supervisor senior da Petrobras e ex nadador Ricardo Moreira, do maneger Sérgio Mattos, da modelo Beatriz Lobato, da atriz Aliny Ulbricht, do ex nadador olímpico o engenheiro Paul Jouanneau, da terapeuta Fernanda Fiel , da professora ex nadadora a socialite Patrícia Merian, ao nutricionista Dr. José Cláudio, a meteorologista Leila Magalhães e ao produtor e agente Ricardo Araújo pelo convite a nossa editoria a assistir o espetáculo.

Como as pessoas na nossa sociedade tendem a julgar as outras pela aparência e como a falta de empatia afeta as nossas atitudes no dia-a-dia são reflexões atuais. Pensar sobre a nossa postura em relação ao outro é urgente.

Recentemente o famoso e badalado estilista Jean Paul Gaultier, contratou a atriz e cantora Jojo Todinho como o novo rosto das suas campanhas.

E você leitor, seguidor e fã como se relaciona com seu corpo?Deixe nos comentários sua resposta e de sua opinião sobre o tema abordado, estamos aguardando.

Serviço: foto de capa é divulgação da peça ´´Amores Flácidos´´, agência 40* http://www.40grausmodels.com/40/contatos/ ; bossa spa: (021)964270782 => central de atendimento

2 comentários sobre “Como você se relaciona com seu corpo?

  1. Foi um prazer participar dessa matéria incrível! É gratificante ver uma matéria dessa grandeza com essa peça impecável, vindo a público, porque a muito tempo nem se falava sobre o assunto. As pessoas tinham medo de falar a palavra “gorda”. E agora sim, temos o espaço que merecemos, e mostramos que o corpo gordo sempre foi capaz!

    Curtir

  2. É complicado lidar com a cobrança de um corpo perfeito, ainda mais depois de uma certa idade,por mais que você diga que não liga ,infelizmente liga sim e a maior cobrança é consigo mesmo, principalmente quando envolve saúde. O que os outros falam, são somente palavras ao vento, mas o que você fala no seu íntimo tem seu peso. Amem-se e cuidem-se.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s